Amor

09jul10

Frida Kahlo. Cores fortes, imagens chocantes,vida vivida tão intensamente e tão sofridamente. Artista de primeiro time.

Hoje de manhã abri o jornal e lá estava a Frida. Então quis contar aqui um sentimento que eu tenho toda vez que  penso nela.

Há muitos anos, 16 mais precisamente, fui à Cidade do México e visitei  a casa,  transformada em museu, onde ela viveu com Diego Rivera,  passeio imperdível. Passeamos, eu e a minha amiga Joana,  pelas salas onde estão suas obras, o pátio colorido, as plantas exuberantes e os cômodos da casa que estão preservados como eram quando ela vivia ali. Seu quarto, com almofadas e colcha bordadas, tão artesanais e delicadas, e sua cozinha tão especial!! Coloridinha. Azul, amarela e branca e o detalhe que eu nunca mais esqueci.

Esta cozinha tão particular tem nas paredes  o desenho de duas pombas e os nomes dela e do Diego formados por lindas e  minúsculas xicarazinhas de cerâmica. E eu fico pensando nela ali pregando cada preguinho(porque na minha cabeça só ela poderia fazer este serviço, mesmo doente), dependurando cada xicarazinha, entre um drama e outro, abrindo espaço para o detalhe, enfeitando a rotina. Amor.



4 Responses to “Amor”

  1. 1 Maria Tereza

    Oi!
    E foi depois dessa sua viagem que conheci Frida Kahlo.
    16 anos! Como o tempo passa!!
    Estou com saudades.
    Adoro seu blog, estou sempre por aqui.
    Beijos, Tê

  2. Ai Tezinha, saudades de você também…

  3. Oi, Ana. Parabéns pelo seu Blog sobre Frida. Continue assim. Abs. Carlos


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: